depilacao

Depilação a Laser

O laser para depilação produz um feixe de luz que ao ser emitido, é absorvido pelo pigmento escuro localizado na raiz do pelo. Em razão disso, o laser não atinge pelos brancos ou muito claros, tornando impossível, com a tecnologia disponível, atingir esse tipo de pelo.

Para atingir a raiz do folículo piloso, o laser tem que atravessar as camadas mais superficiais da pele, e, nesse trajeto, ele pode ter afinidade por outras estruturas pigmentadas, como é o caso da célula da pigmentação denominada Melanócito.

Por isso, a depilação a laser é mais difícil em pacientes de pele morena ou negra. Em contrapartida, peles muito claras, com pêlos grossos e escuros apresentam os melhores resultados. O laser elimina principalmente os pelos em sua fase ativa de crescimento, assim, novas aplicações, em média 5 a 6 sessões no total, serão necessárias para sua eliminação total.

Os efeitos colaterais, caso ocorram, são mínimos e podem incluir vermelhidão ou discreto inchaço, que desaparece rapidamente, podendo o paciente retornar as suas atividades normais imediatamente.